en-USpt-PT

Artigos/ Newsletters

Artigos/ Newsletters

Nesta secção irá encontrar todas as newsletters que vão saindo para os nossos subscritores. A KAMAE tem por objectivos dar conhecimento que aumente a cultura empresarial da área e produtividade. Esperamos estar à altura das vossas expectativas! Se quiser sugerir temas para nós abordarmos, contacte-nos.


KAMAE
KAMAE

Ricardo Teixeira

Ano difícil? Advogue com objectivos!

Ano difícil? Advogue com objectivos!

Todos nós precisamos de colocar a “máquina em movimento” e colocar a nossa motivação em alta no sentido dos obstáculos tornarem-se mais pequenos. Aliás substitua a palavra “obstáculo” por “desafio” e encara-os como um jogo que tem de vencer.

Por isso, o primeiro passo a tomar é estabelecer objectivos atingir! Escreva-os à mão e guarde-os perto de si! Assim poderá ir revendo a sua lista.

Já abordámos esta temática anteriormente mas será bom revê-la. Então comecemos por definir Objectivos S.M.A.R.T.!

Uma das primeiras perguntas que faço, sempre que chego a uma sociedade é: “Quais são os objectivos deste ano? E nos próximos 3 anos?”. Invariavelmente não me conseguem dar respostas concretas! São utilizadas muitas frases bonitas, mas pouco objectivas.

O não estabelecimento de objectivos é sem dúvida o primeiro grande erro, pois os objectivos dão-nos um rumo, uma meta, um caminho. Mas por esta altura deverá estar a perguntar-se: mas o que é SMART? Será “Esperto” – “objectivos espertos”… Não é isso… Vamos lá então desbravar este conceito e saber quais as suas vantagens.

  • O que significa S.M.A.R.T.? 

    SMART é uma sigla que representa: Specific (especifico), Measurable (mensurável), Attainable (atingíveis), Realistic (realistas) e Time-bound (temporizável).

    Em termos práticos: 

    1. Especifico. Não seja vago. Defina exactamente o objectivo, não entre em filosofias;
    2. Mensurável. Quantifique o objectivo. Temos de ter uma referência para saber se atingimos ou não os objectivos propostos. Por exemplo: crescimento de 10% de facturação e/ou captação de 100 novos clientes ou ainda respostas aos clientes até um máximo de 3 dias úteis; 
    3. Atingível e Realista. Seja honesto, não entre em sonhos desmedidos, nem seja um pessimista. Coloque sempre no objectivo uma % (normalmente 10 a 20%, mas depende muito da dimensão da organização) acima daquilo que tem a certeza que consegue;
    4. Temporizável. Identifique claramente datas para o cumprimento desses objectivos.

    Poderá questionar: “Agora que sabemos o que fazer?”. Há um slogan publicitário que ajuda: “Just do it!”. Reúna a equipa, lancem ideias e depois verifiquem se obedecem a estes 5 princípios. Preferencialmente devem envolver o maior número de pessoas possível. Estabeleçam os objectivos e suas prioridades e de seguida disseminem pela vossa organização e coloquem o objectivo de forma visível para que todos os dias saibam para que estão a trabalhar.

    Depois desta fase, será importante que de forma periódica definam pontos de controlo/ verificação dos objectivos. Assim poderão tomar medidas necessárias para manter o percurso definido.

    Desta forma, a sua organização será um “barco com destino definido e com a equipa a remar no mesmo sentido”.

    Já definiu os seus objectivos SMART para este ano? Não? Que está à espera?

    Comentário (0)



    Os comentários estão fechados
    Junta-te à nossa lista VIP para receberes conteúdos exclusivos!


    Tags

    linguagem 1ª Parte 1º Erro 20% 80% 2013 2014 2015 2016 2ª Parte actividade Juridica actividade jurídica Actos Notariais Adiantamentos Advocacia Advogado Advogados Agenda Agosto ajuda Ano difícil Apple arquivo arte atrair atrair novos clientes aumentar aumentar receitas Avaliação avaliar Avenças caixas pretas Capacidade Captar Clientes Casos Certificação Chefias Chicote ciência clientes cloud Coaching cobram Cobranças cobrar conhecimento Consultoria Contas bancárias crescer cultura custo D.U.M.B. Decisão decisões Despesas dia-a-dia Diagnóstico difusas disciplina eficazes electrónica e-mail equipa Equipas Erros Erros de Gestão Escolha escritório Escritórios ESCRITÓRIOS DE ADVOGADOS Estagiários estudo execução Factos Facturação facturar Falha Falhas Falta Falta de Investimento famosas Faturação Férias Férias Judiciais Ferramentas follow-up formação gestão Gestão de Tempo Gestão Jurídicas GOALS Grande Sociedade Honorários Ideias importância importantes indicadores Ineficazes informação Informalidade interrupções Investimentos IT jurídico Juristas Lenta Liderança Liderar advogados Ligação Crítica liguagem Linguagem mais inspirador marcados marketing Marketing Publicacional medir melhorar método Métricas Moda mudanças mundo DIGITAL Musashi Must necessária Networking Novas Regras novos clientes O ANO! Objectivos on-line Organização outro nível papel Parceiros pareto Parte II Parte III participação Património peças perdem clientes peso prática isolada prazos judiciais princípios fundamentais problema problemas Procedimentos Procedimentos formalizados processuais produtividade propostas prospectos Provisões Qualidade Recebeu Recebeu recado Receitas Registo registo de tempos Relacionamento Resistência Rotatividade Segurança segurança absoluta seguras sem apoio Seminário SEMINÁRIO ON-LINE sete princípios Sindromes Sistema Sistemas de Informação Site Sites Sociedade Sociedades sócios Solicitadores Soluções Sun Tzu Tempo tempo e horas Tempos tempos facturados tempos produzidos Tendências Time-sheet Top 10 de Erros TOP 10 DOS ERROS trabalho trabalho efectuado Valor/ h Valor/hora vencer visitas